Apresentação do livro O Moturista Acidental (em Lisboa) de Tiago Salazar


Apresentação do livro "O Moturista" Acidental (em Lisboa), de Tiago Salazar, A23 Edições.

Apresentação por Sílvia Mota Lopes.

Momento musical por Margarida Martinho Silva  - Suite l de Johann Sebastian Bach 2 andamentos Prelúdio para Viola D' arco.

O novo livro de Tiago Salazar é um livro de crónicas com prefácio de Ferreira Fernandes e ilustrações de João Fazenda, inspirado nas viagens de tuc-tuc que conduziu por Lisboa.

Foto de A23 Edições.

Tiago Salazar nasceu em 1972. Eterno finalista de Relações Internacionais, debutou no Semanário como jornalista, em 1991. Escreveu sobre artes plásticas, livros, cinema, pessoas célebres (e menos célebres), política, economia, sociedade, desporto e obituários. Mantém-se no activo como promitente escritor e andarilho profissional, ofício a que ninguém reconhece seriedade.
No Paleolítico Superior publicou contos no «DN Jovem» e no «DNa», do Diário de Notícias, no Expresso e na revista Ficções. Fez guiões para televisão, foi assessor do gabinete de imprensa do Instituto Camões e co-comissário de um salão internacional de artes plásticas. Colaborou ainda (orgulhosamente) com o Jornal de Monchique, onde assinou a coluna «Pirilampo Trágico», fez parte da equipa fundadora da revista Blue Travel e assinou a rubrica «Escapadas» do jornal Correio da Manhã. Tem ainda colaboração eclética e dispersa por outras revistas e jornais, da elegante defunta Grande Reportagem ao eterno Borda d'Água.
É autor dos vários livros

Livraria 100ª Página | Casa Rolão Av. Central, 118/120 4710-229 Braga | Tel: 253 267 647 | Fax: 253 267 648