Juncos à Beira do Caminho

"Ventos, cinza e alergias; gardénias entre
os dois muros de granito e a clareira
aberta depois dos aguaceiros;
as famílias reunidas em passeios
pela província, visitando monumentos
que comovem pelo amor à pátria,
antigo e fora de moda. Explicas
aos teus filhos uma batalha perdida:
há uma rara virtude desconhecida
na derrota que depois se pode colorir;
ou numa igreja abandonada a meio
do planalto. A vida não muda,
nem quando chove a meio do Outono
— apenas regressas à luz do passado."

Francisco José Viegas nasceu em 1962. Professor, jornalista e editor, é responsável pela revista Ler e foi também diretor da revista Grande Reportagem e da Casa Fernando Pessoa. De junho de 2011 a outubro de 2012 exerceu o cargo de Secretário de Estado da Cultura. Colaborou em vários jornais e revistas, e foi autor de vários programas na rádio (TSF e Antena Um) e televisão (Livro Aberto, Escrita em Dia, Ler para Crer, Primeira Página, Avenida Brasil, Prazeres, Um Café no Majestic, A Torto e a Direito, Nada de Cultura). Da sua obra destacam-se livros de poesia (Metade da Vida, O Puro e o Impuro, Se Me Comovesse o Amor) e os romances Regresso por um Rio, Crime em Ponta Delgada, Morte no Estádio, As Duas Águas do Mar, Um Céu Demasiado Azul, Um Crime na Exposição, Um Crime Capital, Lourenço Marques, Longe de Manaus (Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores 2005), O Mar em Casablanca, O Colecionador de Erva e A Poeira que Cai sobre a Terra e Outras Histórias de Jaime Ramos.

PVP €12.90

 

Livraria 100ª Página | Casa Rolão Av. Central, 118/120 4710-229 Braga | Tel: 253 267 647 | Fax: 253 267 648