Portugal: A Revolução Impossível?

"Após a data que, da noite para o dia, derrubou quase cinquenta anos de ditadura, seguiram-se dezoito meses de convulsões profundas que trouxeram à tona as forças e fragilidades da sociedade portuguesa. Um povo pobre e deprimido, uma massa de gente ignorante e ignorada, habituada a não ter voz, revelou uma consciência política que parecia adormecida – a consciência da sua própria miséria e a crença de que era possível acabar com ela.

Mas estes dezoito meses foram também de desencanto: partidos sem vontade de provocar uma mudança real na vida das pessoas; jornais «entusiasmados com o seu poder de criar acontecimentos» e agarrados aos mitos que fabricavam; e vanguardas supérfluas que instrumentalizavam os desejos dos deserdados à medida de cada ismo, sabotando qualquer tentativa de auto-organização. Portugal: A Revolução Impossível?, editado agora com um novo prefácio do autor, é um mergulho nas águas agitadas do PREC, longe dos comícios, ao lado de gente comum; uma crónica minuciosa e apaixonada de um povo em alvoroço, pelos olhos de um irlandês libertário a viver em Portugal."

 

"Phil Mailer nasceu na Irlanda, em 1946. Depois de engrossar as fileiras do grupo pró-situacionista King Mob, em Londres e em Nova Iorque, mudou-se para Portugal, nas vésperas da revolução de 1974, para dar aulas de inglês. Por cá, assistiu com espanto e esperança à revolta que se iniciou na madrugada do 25 de Abril, acabando por participar activamente nos acontecimentos que se lhe seguiram.

Foi um dos editores do jornal Combate (testemunha de ocupações de terras, plenários de fábricas em autogestão, greves de trabalhadores e assembleias de moradores de bairros da lata) e dinamizador da livraria libertária Contra a Corrente, no Bairro Alto, em Lisboa. É tradutor de português e autor de ensaios e romances. Por gosto, traduziu para o inglês muitas das canções de Zeca Afonso. Ainda hoje vive entre a Irlanda e Portugal."

 

PVP €20.00

 
Livraria 100ª Página | Casa Rolão Av. Central, 118/120 4710-229 Braga | Tel: 253 267 647 | Fax: 253 267 648